13/05/2020 – PROTOCOLO DE ATENDIMENTO DO PRONTO SOCORRO FRENTE À PANDEMIA.

PROTOCOLO DE ATENDIMENTO DO PRONTO SOCORRO FRENTE À PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS

ORGANIZAÇÃO DO PRONTO ATENDIMENTO DE SINTOMAS GRIPAIS

 

ELABORADO POR:

ANA CAROLINA LERRI ANTONIO – ENFERMEIRA COORDENADORA VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA

APROVADO POR:

CAMILA DALOCIO – SECRETÁRIA DE SAÚDE

GUILHERME SALGADO GONÇALVES – MÉDICO DIRETOR CLÍNICO

 

 PROTOCOLO DE ATENDIMENTO DO PRONTO SOCORRO FRENTE À PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS

ORGANIZAÇÃO DO PRONTO ATENDIMENTO DE SINTOMAS GRIPAIS

          Em 30 de Abril de 2020, fica instituído que o atendimento no Pronto Socorro de Vista Alegre do Alto, seguirá o seguinte protocolo (Fluxograma de Atendimento em anexo):

Teremos um enfermeiro fazendo a triagem de cada paciente:

Se o paciente não tiver sintoma respiratório, ele dá entrada no Pronto Socorro, é direcionado à recepção para emissão da Ficha de Atendimento, enfermagem realiza aferição de sinais vitais e anota queixas. Recepção comunica o médico sobre o atendimento. Após atendimento médico, recepção ou enfermagem seguem conduta (seja com orientações pela recepção, seja com medicações e procedimentos pela enfermagem).

Se o paciente apresentar queixas que se enquadrem na classificação de sintomas gripais/ suspeitos de Coronavírus (falta de ar, dor de garganta, coriza, congestão nasal, febre, associadas a dores pelo corpo, entre outros), o enfermeiro oferta a máscara, e o direciona a entrar pelo Hospital, onde será atendido pelo profissional de enfermagem que estiver escalado* para tal função. Chegando ao Hospital, a enfermagem emite a Ficha de Atendimento (computador ficará no Posto de Enfermagem, no Hospital), verifica Sinais Vitais e comunica o médico.

Nesse momento**, será o próprio médico do plantão que atenderá esses sintomáticos, então ele se deslocará até o Hospital, em consultório montado na entrada do mesmo, já com os EPIs que temos no serviço (óculos, máscara, avental, protetor facial) e realizará o atendimento. Após esse atendimento, o paciente retorna para a enfermagem que seguirá conduta. Temos o Raio-x que fica em local de fácil acesso para esses pacientes, caso seja solicitado.

A equipe de Higiene e Limpeza está ciente da importância da limpeza com maior frequência de todos os setores, principalmente do Pronto Atendimento de Sintomas Gripais, onde deverá ser feito limpeza terminal após cada atendimento de caso suspeito de Covid-19, bem como do aumento do número de vezes em que a equipe será acionada para tal serviço.

Foi realizada nova escala de trabalho da enfermagem, onde para o Pronto Atendimento de Sintomas Gripais ficaram escalados somente funcionários que NÃO pertencem ao Grupo de Risco, visando minimizar a exposição dos que são de risco à infecção pelo Coronavírus.

Houve também a necessidade de mudança na estrutura do Hospital, com adequação de um consultório, posto de enfermagem, quarto com dois leitos, oxigênio e monitor cardíaco, além de cadeiras para acomodação dos pacientes.

*o funcionário que estiver escalado para o atendimento dos sintomáticos respiratórios, permanecerá no Hospital para essa função e não ficará no atendimento dos demais casos que cheguem ao Pronto Socorro, salvo em alguma EMERGÊNCIA, onde ele poderá ser acionado.

** Estão sendo tomadas todas as providências para a contratação de outros profissionais médicos, caso haja aumento considerável de atendimento e necessidade no serviço.

IMPORTANTE: Apesar de haver um profissional à disposição para atender os sintomáticos respiratórios, se uma urgência/emergência respiratória chegar ao Pronto Socorro, PRECISAREMOS DE TODA A EQUIPE para esse atendimento, lembrando toda a equipe deve paramentar-se antes de entrar na sala e quando houver suspeita de Covid-19, um dos membros da equipe, se houver a possibilidade, deve permanecer do lado de fora, para dar suporte à equipe no que esta precisar.

LEMBREM-SE dos EPIs: Em primeiro lugar, proteção da equipe. Vamos trabalhar seguros!